Sobre a autora

Jornalista, com pós em sociopsicologia, MBA em mercado financeiro...tinha minha carreira, "minhas coisas", até que...meu marido recebeu um convite para trabalhar em outro país. Ai, bem, aí eu virei a coadjuvante, a coexpatriada.
Amargura? Poderia até ser, se a experiência de viver no exterior não tivesse sido uma das melhores até aqui!
Minha história como blogueira começou lá em 2008, em Houston, Estados Unidos.
A ideia era fazer um diário sobre a experiência de quem deixa um monte de coisa de lado para caminhar ao lado de alguém. Mas sou jornalista, né? Não conseguiria guardar só para mim tantas novidades, então um caderno, daqueles com cadeado, não faria sentido...
O fato é que a expatriação acabou, mas me apaixonei por estudar e escrever sobre esse povo que assume o desafio de mudar de endereço em nome da carreira de uma pessoa da família. E cá estou falando sobre mobilidade - seja dentro do Brasil ou para o exterior - mesmo já tendo voltado pra casa. 
Casa? Sei que nasci em São Paulo, cresci em Campinas, voltei pra "capitar" para construir minha carreira, me reinventei no jornalismo no Rio, engravidei em Houston, dei à luz no Rio e hoje sou do Recife.
Profissão? Uma que eu inventei e que posso levar na bagagem para onde quer que eu vá! Pega aquilo que disse lá no começo do texto, mistura com técnicas de Organização Profissional, dá uma pitada da experiência que acumulei ao começar a vida em um novo lugar e finaliza com uma formação em Coach. Pronto: Sou uma profissional  especializada em ajudar mulheres a darem significado à uma mudança de endereço que foi motivada pela profissão de outra pessoa.
Não consegue ser feliz em outro país, apesar da mudança ter trazido uma melhora na carreira do marido, nas expectativas de formação cultural dos filhos, nas finanças da família? Talvez você não esteja vivendo de acordo com os seus valores e a sua missão! Talvez você tenha esquecido ou não consiga mais identificar o que é importante para você, só para você! Talvez você precise de um apoio para encontrar o caminho de volta para você mesma, para aquele espaço em que seus sonhos e projetos tenham vez e voz!
Se esse é o seu caso, sei exatamente o que você está passando porque também trilhei essa jornada. A boa notícia é que a gente consegue se reencontrar e numa versão melhorada!
Não sabe por onde começar? Que tal uma conversa?
Estou sempre no: contato@leveorganizacao.com.br
Saiba mais como posso te ajudar em: www.leveorganizacao.com.br
Aqui no Expatriadas - que eu amo de paixão louca -  eu sigo falando sobre minhas experiências, impressões e o que tem funcionado para que a mulher também cresça em uma transferência provocada pela carreira de outra pessoa.
Beijos!
Carmem Galbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! É um prazer falar com você!