28 de março de 2017

Reconstruindo a rotina da casa depois da mudança.

O que atormenta mais quando mudamos de endereço: a mudança cultural ou a mudança do modo de vida? Será que é possível separar uma coisa da outra? Será que o desconforto é proporcional à mudança da rotina, quanto mais ela é alterada, mais sofremos?
Ok. Até deixar seu ninho, você tinha uma rede de apoio, não precisava se preocupar com a casa, não se sentia tão sobrecarregada...
O fato é que tudo mudou...O que você poderia fazer de diferente para a vida ficar melhor? Que tal assumir o controle da situação? 
Mas como começar uma rotina do nada, em um lugar que você não conhece bulhufas?
Vou propor um caminho para estabelecer um esquema para a casa. Comece por ela e, depois, ficará mais fácil você organizar sua agenda, seus pensamentos, seus sentimentos, seus objetivos!
Mude, rasure, pule, experimente, descarte até encontrar um modelo que funcione para você.

Comece por fazer uma faxina nas suas ideias! 
Reconheça e entenda que você está em uma nova cultura: talvez as estratégias que funcionavam no antigo endereço não sirvam mais, seja porque os horários nesse  novo local são diferentes, porque a comida é diferente, porque o transito é mais caótico, porque cozinha e banheiro não têm ralo, porque o clima é diferente, porque a rede de apoio está distante, porque a diária da empregada é muito alta... 

Desentulhe. Menos coisas = menos trabalho e mais tempo. Avalie seus pertences e descarte o excesso. Olhe com cuidado para a decoração. Os objetos trazem mais conforto ou mais trabalho?

Estude o local, a cultura e veja as possibilidades. Vasculhe as redes sociais, pesquise sobre produtos, equipamentos e serviços disponíveis na cidade que possam facilitar a sua rotina. Nos países onde o trabalho doméstico é valorizado, é mais comum encontrar produtos mais práticos e mais em conta que no Brasil, como lenço umedecido para limpeza e aspirador de pó robô, que você programa e ele aspira a sujeira sozinho.

Divida as tarefas entre todos os moradores da casa. Exemplo? Cada um é responsável pela limpeza, organização e manutenção do próprio quarto. Cada um também assume uma tarefa diária de acordo com a idade: um fica responsável pelo lixo, outro pela louça de determinada refeição, outro pela higiene do animal de estimação e assim por diante.

Em vez de escolher uma data para fazer "aquela faxina", faça um planejamento de limpar um pouco por dia. Divida as tarefas ao longo da semana e determine quem irá fazer o que. Exemplo:
Segunda-feira: banheiros + Roupa.
Terça-feira: tirar o pó + aspirar.
Quarta feira: Cozinha + área de serviço.
Quinta-feira: Roupa + mercado.
Sexta: Alimentação.

Sobre a alimentação:
Escolha um dia para fazer a base da alimentação da semana: cozinhe arroz e outros grãos, separe em porções e congele. Limpe a carne, separe em filés e congele. Cozinhe o inhame/aipim/macaxeira e congele. Faça molho de tomate e congele em porções. Faça sopa e congele em porções. Lave todas as folhas, seque e guarde na geladeira. Lave os legumes, pique e congele. Atenção: coloque no freezer um filé separado do outro. Só junte todos em um mesmo recipiente quando já estiverem congelados.
Faça também um cardápio semanal, imprima e cole na porta da geladeira. Serão 7 almoços e 7 jantares. Isso ajuda no planejamento e na elaboração da lista do mercado, além, de acelerar o preparo das refeições.

Sobre o mercado:
Economize tempo definindo o dia que fará as compras. Baixe um app de lista de mercado ou deixe papel e caneta na cozinha. Vá anotando os produtos que precisa comprar. Confie na sua lista e evite levar o que já tem em casa.

Sobre a limpeza e a organização:
Comprometa-se com a manutenção da limpeza e da organização da casa. Não espere a sujeira tomar conta para limpar. Limpe assim que sujar. Com essa manutenção, a limpeza ficará mais rápida e simples, e a casa estará sempre limpa. 
Aceite a cultura do local. Se o banheiro não tem ralo é porque não é cultura lavar o banheiro. Ao jogar água você pode danificar o piso. Encontre uma nova forma de higienizar. Com certeza isso existe no local onde você está.
Avalie a contratação de uma empresa especializada para limpar vidros e ar-condicionado.
Não espere a bagunça se espalhar pela casa. Todas as noites certifique-se de qua cada objeto esteja no cômodo que deve ser guardado.

Sobre a lavanderia:
Repense seu guarda-roupa. Inclua a praticidade nas suas escolhas. As peças são fáceis de cuidar? Vão para máquina de lavar e secar? É preciso passar?

Priorize! 
Às vezes, com criança pequena, quando tem alguém doente em casa, visita ou alguém precisando de mais atenção não é possível seguir - como gostaríamos - uma rotina muito redondinha. Nesses períodos avalie: qual atividade que você pode adotar que vai trazer um grande impacto positivo na rotina da casa? Faça primeiro o que traz mais resultados positivos!

Precisa de um apoio mais específico? Converse comigo! Eu sei como te ajudar! Estou sempre no contato@leveorganizacao.com.br
Mais informações: www.leveorganizacao.com.br

Carmem Galbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! É um prazer falar com você!