6 de maio de 2015

A casa demolida a cada expatriação.

Ainda naquela linha de mudança de endereço,  casa dos sonhos e casa possível, móveis, aluguel, improviso por tempo indeterminado.
Para ajudar a bagunçar...tenho visto algumas coisas sobre o impacto da imagem na formação dos conceitos e da memória.
Tem os tempos líquidos que sempre pautam meus devaneios.
Enfim...parece que quanto mais falo, mais complicado fica.
Espero que Yuri Firmeza e um de seus trabalhos de 2008 ajudem nesse processo de elaborar essa coisa de não ter endereço fixo.
"Do Lugar Onde Estou, Já Fui Embora. Casa Que Se Desmancha."


















 



Precisa de ajuda para organizar a casa, a rotina e as ideias? Fale comigo. Sei como te ajudar! Estou sempre no contato@leveorganizacao.com.br.
Mais informações: www.leveorganizacao.com.br

Carmem Galbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! É um prazer falar com você!