8 de agosto de 2013

FGTS no exterior.

Você aí, seu dinheiro do FGTS aqui,e a família inteira planejando uma ida à Caixa Econômica na próxima visita ao Brasil.
Bom, pode ser que você não tenha que esperar tanto assim, nem tenha que reservar parte do seu precioso tempo por aqui para ficar em fila de banco.
Os brasileiros que vivem no Japão, Estados Unidos, Irlanda, Reino Unido, França, Holanda e Bélgica já sabem que podem sacar o fundo de garantia sem precisar viajar.
E agora, os brasileiros que moram na Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Portugal e Suíça também podem sacar o fundo sem ter que voltar ao Brasil. O pedido pode ser  feito nos consulados em Frankfurt, Munique, Madri, Barcelona, Roma, Milão, Lisboa, Porto, Faro, Zurique e Genebra. Em Berlim e Viena os pedidos podem ser feitos na embaixada brasileira.
O dinheiro é depositado direto na conta no exterior, em até 15 dias úteis.
Só para lembrar, as regras para sacar o FGTS no exterior são as mesmas para sacar aqui no Brasil. O profissional deve ter passado por uma dessas situações:
  • Demissão sem justa causa;
  • Extinção normal do contrato de trabalho a termo;
  • Aposentadoria concedida pela Previdência Social; 
  • Três anos ininterruptos fora do regime do FGTS; 
  • Permanência da conta vinculada por três anos ininterruptos sem depósito, para afastamento ocorrido até 3 de julho de 1990. 
A Caixa informa que - até abril de 2013 - já liberou mais de 2.900 pagamentos do FGTS, ou 27 milhões de Reais, a expatriados brasileiros.
Para acessar links da Caixa sobre FGTS, clique aqui.
Para ler outros posts sobre FGTS aqui no blog, clique aqui
Carmem Galbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! É um prazer falar com você!