12 de fevereiro de 2010

Esse tal de esquecimento global...

Olá, Coexpat!
Semana de gente mofando em São Paulo, assando no Rio, congelando em Nova York...

Dizem que é esse tal de esquecimento global. Sim, esquecimento. Aquecimento já era. 
O problema é o esquecimento que afeta todo mundo, a vizinha, o bispo, eu, você...
Falta memória para lições básicas, do tipo “quem ama cuida”, “quem cuida tem”, e por aí vai.
O clima, aliás, é um tópico que poucas futuras coexpatriadas dão atenção, mas que pode dar aquele calafrio depois de um tempo. Conheço gente que odeeeeeeia baixas temperaturas e topou ir para o Alasca. Sei de uma que morria no calor e não recusou a expatriação para o Oriente Médio. Na euforia do processo é simples falar que acostuma, mas passada a loucura da mudança, a neve vira um nojo de lama, o calor algo absolutamente deselegante.
O negócio é ir além da temperatura no verão e inverno. Pode ser valioso saber da umidade relativa do ar, do vento, dos dias de Sol, se há temporadas de furacão e risco de enchentes.
Minha sugestão é escarafunchar o site da prefeitura do destino. Quando a coisa é crítica, a página geralmente traz informações detalhadas. No site da prefeitura de Houston, por exemplo, eu vivia de olho nas dicas de segurança, rota de fuga, etc e tal para os dias de “ventos mais fortes”.

Ah...obrigada de coração pela votação no blog da Leve, indicado para integrar o “The Top 100 International Exchange and Experience Blogs 2010.”

Carmem Galbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! É um prazer falar com você!