24 de abril de 2009

Como comprovar a fluência?

Olá, X!
Dias desses conversamos aqui sobre o que pode definir a fluência em um idioma. Basicamente, dizem os especialistas, somos fluentes quando a comunicação acontece naturalmente.
Partindo do pressuposto de que a gente aprende a falar ouvindo, viver no meio dos “nativos”, acompanhando de perto - por exemplo - ritmo e entonação nas conversas, pode ajudar e muito esse processo.
Por isso tem aumentado a quantidade de brasileiros em classes estrangeiras. Pelas contas da Brazilian Educational & Language Travel Association, no ano passado, 120.000 embarcaram para o exterior com o objetivo de aprimorar um outro idioma. O número é quase 40% maior que em 2007.
Interessante perceber que isso não é mais decisão restrita ao universo adolescente ou de recém-formado. A turma que passa dos 40 também tem frequentado essas aulas ministradas em outro país.
Lindo! Mas o fato é que, além, de muita gente não poder embarcar nessa viagem, dizem que passar uma temporada fora ainda não é o suficiente para comprovar para o mundo o nível de fluência.
Na edição dessa semana, Veja aborda o tema em forma de guia. A revista traz um apanhado dos principais testes de proficiência em inglês, espanhol, francês, italiano e alemão.
Segundo o texto, esses certificados são uma prova importante de que o sujeito é capaz de entender e ser entendido em uma língua estrangeira. “No universo corporativo, praticamente todo mundo arranha o inglês, e é comum destacar no currículo o "inglês fluente". O diferencial está em provar que, de fato, se domina outra língua”, salienta a reportagem.
Mas no fundo, no fundo mesmo, só a gente sabe o quanto a gente consegue “passear” por outro idioma. Tive um professor que costuma fazer a ligação direta entra emoção e fluência. “Conseguir comunicar sentimentos sinceros em outra língua é um bom referencial de que a pessoa está realmente envolvida com o idioma”, diz ele.
E você, o que acha disso? Deixe sua opinião, clicando em comentários logo abaixo, ou mande um e-mail para expatriadas@hotmail.com .
Imagem: SXC

Um comentário:

Olá! É um prazer falar com você!