31 de março de 2009

Estranho.

Olá, X!
Sabe aqueles períodos em que as ideias estão meio desordenadas, em que a gente parece meio atrapalhada, em que a segunda acabou e você nem viu? Hoje é - ou foi - um dia desses.
Gosto de reservar uma parte do dia para pensar e conversar sobre essa nossa condição “expatriática”. Mas hoje não deu! Não, não foi falta de tempo. Hoje, estranhamente, não me ocorreu nada.
A vida segue. Entre familiaridade e tropeços vou construindo esse eu que vive longe...E está tudo bem, tudo ótimo!
Sei lá o que aconteceu. Deve ser a Lua - aliás, que Lua linda que faz aqui. Deve ser o Sol, que hoje não deu as caras. Deve ser alguma coisa...
Até que essa ausência do que dizer é boa. Mostra que nem sempre a gente tem algo para falar. Mostra que o silêncio é amigo e que ele existe exatamente para calar o que não faz falta nenhuma...Mostra que tem momento em que se deve apenas parar, ou ouvir...
Mas amanhã já é hoje e hoje é outro dia. Espero ter algo mais útil para dividir mais tarde...
Imagem:SXC

Um comentário:

  1. Não se aflija. Às vezes é melhor ficar de boca fechada a falar (ou escrever) o que não deve...

    ResponderExcluir

Olá! É um prazer falar com você!