20 de janeiro de 2009

Esposa expatriada, desempregada, mas antenada: cobertura da posse lá e cá.

Olá, Coexpat!
Como você sabe, sou jornalista desempregada, mas que prefere dizer que vive um período fora do mercado para apoiar a carreira do maridão no exterior.

Sendo assim, não consigo desligar...então, não pude deixar de passar o dia perambulando entre TV e internet para acompanhar a posse de Obama. Minha ideia era tentar captar uma cobertura com os olhos aqui e ouvidos lá ou vice-versa.
Claro que não vou conseguir fazer uma comparação crítica entre o trabalho dos colegas americanos e brasileiros, isso, aliás, daria uma boa tese...
Mas, comparando...
O povo aqui passou a semana especulando sobre qual estilista a primeira-dama usaria. Interessante que hoje foram os brasileiros que se apressaram em falar em detalhes sobre o “visú” de Michelle Obama. Com semana de moda no Rio, ficou fácil cumprir a pauta!
Pascolato e cia desceram a boca no modelo assinado pela cubana Isabel Toledo. O que prendeu meu olhar foi a combinação que não me agrada, a não ser em copa do mundo: vestido amarelo + sapatos e luvas verdes!
Mas gente, a mulherada aqui adora brilho e cores vibrantes! Só fico pensando em que ocasião ela usaria aqueles sapatos verdes de novo...
Ok, tentei pensar em uma impressão mais elaborada sobre a cobertura, mas nã
o consegui. É que simplesmente não encontrei em português nenhuma análise um pouquinho mais profunda sobre o dia de hoje.
Bom, pelo menos até agora, não consegui ler, ouvir, ver... sentir nada sobre, por exemplo, qual o impacto no Brasil do discurso de posse do homem que vai tocar a economia mais influente do mundo.
Talvez essa falta não tenha cabimento. Talvez tudo já tenha sido dito e eu não acompanhei. Talvez ainda será dito...
Sei lá...
A cobertura em português fala em gastos com segurança na posse, em número de pessoas, traz o histórico do novo presidente, os desafios, o discurso traduzido, mas senti mesmo falta de contextualização.
Tudo bem, sei, ao menos, que o vestido da dona Obama não agradou lá no Brasil. Ouvi dizer que tinha bordado demais, que era sóbrio demais, que era elegante de menos...sei.


Carmem Galbes

Foto1: Susan Walsh - AP
Foto 2: CBSNEWS.COM

3 comentários:

  1. Hoje estou em falta. Ainda não vi e nem li nada sobre a posse. Quer dizer que Michelle deu uma de Marisa Letícia?
    Nossa primeira-dama é quem gosta de mergulhar no closet e sair com um sapato verde, um chapéu amarelo...

    ResponderExcluir
  2. Olá, então tenho um primo a esposa e agora 2 filhas lindas! Eles ja moram aí ha uns 8 anos. Fui passear mesmo! Adorei, espero sim voltar ...inclusive eles me fizeram uma super proposta pra eu ir agora esse ano, ficar uns 6 meses. Mas fui efetivada na escola onde fiz meu estagio. (explicando.. terminei a faculdade de artes plasticas (licenciatura) e acabei adorando dar aulas pra crianças!) Entao decidi por ficar aqui no Brasil mesmo... Mas não descartei a idéia de passar uns tempos aí em Houston...
    E vc o que faz aí?
    Até mais...

    ResponderExcluir
  3. Oi Tati,
    É, como dizem quando não há muito o que falar, cada um é cada um, né...
    Volte sempre!

    Oi Carol,
    Tem gente que não gosta da cidade. Eu adoro viver aqui. Ainda não sei o motivo ao certo, acho que são vários, sei que sou estou feliz aqui!
    Volte sempre!
    Bjs.

    ResponderExcluir

Olá! É um prazer falar com você!