15 de agosto de 2008

Sem grandes coisas...

Olá, Coexpat!
Em mais um dia de expatriada - nunca exilada! -  transitando entre a Mística Feminina, da Betty Friedan e seu filhote The Feminine Mistake, da Leslie Bennetts, estava disposta - apesar da sexta-feira - a trocar idéias sobre o destino da mulher como ser pleno, que precisa de alimentos que incluem compromissos sociais e pessoais, como família feliz, relacionamento saudável e carreira.
Mas aí leio uma coisa de dar dó e não posso deixar de manifestar minha solidariedade aos homens franceses. Eles estão em plena campanha
 para poder usar saia.
Gente, como é bom viver em um país onde o vinho é ótimo e a primeira-dama é linda! Esqueça a economia e a tensão social.
Aliás, falando nisso, me deu uma vontade de mudar de assunto...

Sabe aquelas matérias sem pretensão, resuminho básico de livro que está sendo lançado, em que você passa o olho e ok?
Então, um desses textos me fez pensar sobre o risco de uma combinação que parece estar ficando comum por aí: inteligência mediana e muita ambição.
Na verdade, não cheguei a nenhuma conclusão, mas acho essa combinação reveladora. Revela os ideais de hoje em dia, as buscas, os traumas. Talvez explique por que o homem que quer usar saia simplesmente não coloque uma e saia por aí - com o perdão do trocadilho. Acho que pode explicar também o motivo de, com tanta coisa nova pra descobrir, eu parar justamente para ler sobre os homens que querem usar saia. 

Sei lá...

Carmem Galbes

Um comentário:

  1. Mas sister, o pai sempre nos dizia:" a ignorancia è por demais atrevida!", quando a gente no auge da adolescencia teimava em ser o dono da verdade absoluta.

    Doce sabedoria paterna... Estao ai os mediocres imperando no mundo corporativo e no mundo real.

    Bjs

    ResponderExcluir

Olá! É um prazer falar com você!